O Ubuntu, o windows e o Acer 9410

Post movido para

http://www.sfair.org/blog/?p=60&language=pt

21 Respostas

  1. Esse texto não é 100% autoria sua não é? Tenho certeza de que já li algo bem similar alhures.

  2. Ola Rodrigo
    Até onde eu sei essas foram as minhas experiencias (passadas na ultima quinta, sexta-feira e sabado), por isso logo no comecei o post dizendo “Sei que existem zilhões de artigos … mas também quero deixar registradas minhas experiências”.
    Se você encontrou algo semelhante foi apenas coincidencia.

    Quanto a questão de créditos ou fontes, se tivesse consultado algum material ou baseado o meu texto em algum outro, teria colocado citado fonte. Esta questão de valorizar os créditos é algo pela qual eu prezo muito, tanto nas atividades do time de documentacao do ubuntu quanto na minha (ainda breve) carreira científica.

  3. Ois. Como voce fez para o wireless?

  4. Nelson, não precisei fazer nada, ela foi detectada corretamente. A saida do lspci mostra o seguinte:
    05:00.0 Network controller: Intel Corporation PRO/Wireless 3945ABG Network Connection (rev 02)

    Se você teve problemas talvez esta página lhe ajude: http://wiki.ubuntu-br.org/Documentacao/Wireless

  5. Realmente meu caro Sfair, todo mundo que já usou os dois sistemas teve as mesmas experiências que você. Eu morro de raiva toda vez que tenho que reinstalar o Ruindows, Haja tempo e paciência pra deixar tudo como era antes. E como todos sabemos, é um sistema que adora dar umas falhas, ainda mais quando o pc é usado por toda a família. E ainda eles tem a coragem de cobrar por isso….tsc, tsc.

    Linux resolve nossos problemas, para trabalho e estudo é muito mais agradável de usar, além da segurança que temos ao usá-lo. E após instalado, não precisamos fazer mais quase nada (além de codecs e de drivers para vídeo, no meu caso). Realmente, não é atoa que sistemas Linux Based crescem tão rápido.

  6. Olá, discordo de seu artigo. Procure ser imparcial da próxima vez.
    ps: uso ambos sistemas

  7. Samuel: Resumiu bem o que eu penso. Windows pra mim é sinonimo de video-game.

    Eduardo: Concordo que não fui imparcial. E também não fiz questão de ser pois não utilizei nenhum método rigoroso de comparação, foi apenas um registro ‘simples’ do que eu fiz. Porém, sendo parcial ou não, os problemas foram estes e sim, o windows ficou muito aquem do ubuntu na detecçao do hardware da maquina, não veio com o office e foram necessaros varios reboots para que eu conseguisse colocar algumas coisas para funcionar (e muitas nao consegui ate agora).

  8. É por causa de posts imbecis como esses que eu me irrito com xiitas.

    Vc quer que um sistema de de 2001 ja instale por deafault todas as seus perifericos criados anos depois?

    inteligente vc em amigo?

    faz o seguinte pega um linux de 2001 e faça a instalacao e me diga como foi essa maravilhosa experiencia.

  9. Jogou duro, Rafael! Esse post vai ficar nos favoritos para mostrar aos “winusers” quando eles disserem que o Janelas é mais fácil… hehehe…

    Abraço.

  10. Edson: primeiro, um pouco de educação é sempre muito bom.
    Segundo: sim, o post foi tendencioso pois eu prefiro Linux e faço questao de deixar claro. Mas nada do que eu disse lá foi inventado, o windows nao reconheceu nada e foram necessários vários reboots para instalar algumas placas, ao contrario do Ubuntu que reconheceu praticamente tudo.
    E se o sistema é de 2001, que culpa eu tenho? Você me da $$ pra comprar uma licença nova? Prefiro pois usar um sistema gratuito, de qualidade e que é atualizado constantemente. Isso é algum erro? Sou xiita por isso?

    (so para constar, se você preocurar no google vai ver que muita, mas muita gente, está tendo problemas com os drivers para o recém lançado windows vista… ou seja, nao se pode usar um sistema antigo e nem um novo?)

    (edit: xiitas escrevem “hein” e nao “em”)

  11. Bacana essa experiência. Retrata simplesmente a realidade.
    Eu como usuário do XP durante alguns anos, posso afirmar para vcs: Não sinto nem um pouco de saudades do Windows.

  12. Bem, concordo que a instalação do windowsw XP juntamente com sua configuração é muito chata.
    Mas quanto ao Windows Vista a instalação é bem mais simples que Ubuntu, e posso garatir que é mais rápida em tudo.
    Não se precisa baixar drivers de nada, meu foi todo pc detecado e claro, pude jugar meus joguinhos nele tb logo após a instalação.

  13. EPG, eu ainda nao testei o vista e nao sei como é o processo de instalação.
    A unica coisa é que ele requer uma maquina com confiurações melhores, entao fica complicado pra eu testar pelo menos por enquanto.

  14. sfair,

    baixei ontem, 19/03, o feisty herd 5 desktop. O meu notebook é um Itautec que segundo o “Galactus” do Fórum do UBUNTU, é um FujitsuSiemens. Ainda não instalei, mas usando em “LiveCD” a taxa de atualização do LCD é 0. Será que isso é que tem ocasionado aquele efeito horroroso de que as imagens na tela se formam enquanto rola?

    EPG
    Tenho em meu note o Vista, em “dual boot” com o SLED10, e não consigo rodar vários aplicativos (como o Nero, por exemplo): retorna mensagem de incompatibilidade.

    Edson,
    A sua educação é proporcional à prepotência do Ballmer e do Gates!!

  15. E se formos falar de reinstalação?

    Com o meu \home numa partição exclusiva, eu tenho a mesma área de trabalho todas as vezes que eu preciso reinstalar. Você não perde nenhum arquivo de configuração. No Ruindows você tem que fazer isso manualmente ou $pagar$ por alguma coisa que faça.

    Sem comentar que você só precisa reinstalar o linux quando tiver vontade (ou necessidade de update). Diferente do Ruindows, ele não fica inutilizável depois de dois meses😉

  16. João Melo: Sobre a taxa de atualização não posso te responder com certeza, mas acredito sim que as duas coisas estão relacionadas. Só não sei te dizer como resolver, o melhor seria abrir um tópico no próprio forum e esperar o release final do Feisty (por enquanto continuo no Edgy para evitar surpresas).

    Cesar: Realmente, nada mais prático que deixar seu /home em outra partição. Além de não ter problemas na reinstalacao (coisa que nao precisa ser feita frequentemente, a menos que vc queira), vc pode instalar varias distros e ter seus arquivos disponiveis em todas elas. Essas coisas não tem preço hehehe

  17. Desculpe-me se fui mal educado.
    É que ja estou cansado desse papinho de fanatico brigando por linux. OSX e Win.

    Quer comparar compare.

    Mas faça da forma correta.

  18. Eu naum jogo video game!!!! HUNFT

  19. Olá Sfair e demais usuários

    As coisas não são bem assim não.
    Acho importante a troca de informações, críticas, comentários e sugestões. Mas tudo isso deve ser feito com bastante isenção e levando em conta um conjunto maior de eventos. Um evento isolado é apenas um evento isolado e nada mais. A estatística e fundamental para uma crítica construtiva.

    Conheço o Acer, mas não me lembro de ter tido acesso a um Acer 9410. De qualquer modo, já instalei muito SO, desde o antigo DOS 3.2 (alguém lembra disso?), passando por um desconhecido NEXT (falecido primo do UNIX, com um visual muito parecido com o Window Maker), até o release beta do Windows Vista. E, claro, já instalei também algumas dúzias de Linux nas mais variadas máquinas, desde laptops 386 abandonados até Desktops de última geração.

    Pelo amor de Deus, não me entendam mal. Não estou reivindicando nenhum título de guru em informática. Estou apenas tentando dizer que minhas impressões não são de um evento isolado, mas sim de um conjunto máquinas e SOs. E não faço mais quie a obrigação de ter certa experiência, afinal de contas tenho contato com o mundo da iformática desde o cartão perfurado (alguém já ouviu falar disso?).

    Mas vamos ao que importa. O Linux evoluiu muito nos últimos anos. O Ubuntu é sim uma grande distribuição. Está extremamente amigável, sua instalação, seja como sistema único, seja em dual boot, está primorosa. Mas nem tudo são flores no Mundo Linux. Certas coisas, infelizmente, ainda botam para correr muitos pretensos novos usuários de Linux. O problema não é do Ubuntu, ou da distro X, Y ou Z. Os maiores problemas estão no Universo Linux como um todo.

    Vou apontar alguns problemas que encontrei no Ubuntu, mas com a certeza que teria exatamente os mesmos problemas em qualquer outra distro. Minha idéia é que isso possa ser útil para melhoria do sistema, no caso o Ubuntu.

    1) O fato de o windows instalar apenas o SO sem o Office é uma estratégia comercial legítima. Isso até ajuda quem necessite do windows e não queira o office. Pode-se instalar o open-office, por exemplo.

    2) Quanto à segurança, sei que o Linux e o Windows são 2 arquiteturas completamente diferentes e isso cria vulnerabilidades diferentes. Apenas isso, vulnerabilidades diferentes. Se a cada 100 virus lançado na rede, 99 fosse para linux e apenas 1 fosse para Windows, vamos lá, me digam, qual seria o sistema mais vulnerável e qual obrigaria o usuário a sair correndo atrás de um programa antivirus?

    3) O reconhecimento de hardware está muito bom nos 2 sistemas. Tanto Linux quanto Windows reconhecem quase tudo. Existem, claro, as exceções. O Acer 9410 deu azar para o lado do Windows. Acontece. Mas minha experiência é que isso á apenas um caso isolado. Em 99% das vezes, tanto windows quanto linux reconhecem quase tudo. Mas o problema principal não é reconhecer e sim ter o driver certo. Por exemplo, desde 2004 estou procurando um driver linux para meu scanner genius HR7X Slim. O Windows também não tem, mas pode-se baixar de graça do site do fabricante. A culpa não é do Linux eu sei. Mas é um fato que afeta o usuário e não adianta xingar o windows por causa disso. A realidade mostra claramente que o mundo Windows detem a hegemonia neste sentido, mas não apenas por conta disto.

    4) Instalação de Software adicional. Os repositórios das varias distribuições cresceram bastante nos últimos anos. Poderiam ser melhor ainda se houvesse mais cooperação e união no mundo Linux. Não é o que ocorre. Sempre que aparece alguma distro de sucesso, também aparece alguém que, em lugar de agregar valor a essa distro, sai correndo fazer uma outra distro com a cara diferente. Esse é o tipo de coisa que deixa Bill Gates feliz da vida com a comunidade Linux. Jamais haverá compatibilidade entre as várias distros (se não me engano mais de 400 hoje, amanhã já deverá ser bem mais). Isso faz da instalação de software que não está no repositório específico um verdadeiro inferno para o novo usuário. Meu caso por exemplo. Quiz instalar o google Earth no Ubuntu. Primeiro tive que sairo atrás de um how to para saber como instalar um binário. Eu já havia me esquecido disso a muito tempo. É fácil! dirão os linuxers mais religiosos. Não é não! Fácil e dar 2 cliques sobre o arquivo gravado e as coisas acontecerem automaticamente e com as entradas de menu e icones no Desktop aparecendo sem qualquer intervenção do usuário. Isso é que eu chamo de fácil. Isso é o que eu chamo de ter um computador que trabalha para mim e não eu para ele.

    Bom assim que acabei de instalar o Google Earth rodei o programa. Quem foi que disse que era mamão com mel? Não funcionou. O Google Earth reclamou da placa de vídeo que o Ubuntu tinha reconhecido. Outro novela em busca de how to pra isso, how to para aquilo etc. etc.. No fim deu pau geral e tive que rebootar, ir para linha de comando e reconfigurar o video. Claro, depois de algum tempo navegando na rede em busca de um how to. Esse é o tipo de coisa que faz qualquer usuário comum sair correndo e nunca mais querer saber de Linux.

    O usuário comum, não quer saber de ler how to. Ele quer jogar, papear e sempre que der vontade de experimentar um programa, baixar e com 2 cliques instalar. Deu, pau, não gostou do programa. Vai no painel de controle e desinstala. Ponto final. Sem dor de cabeça.

    O Ubuntu é um grande sistema. Vou continuar usando em caráter exploratório e continuar torcendo para que melhore mais ainda. Mas a melhoria vai depender muito de críticas imparciais e objetivas. Xingar o Windows e Louvar o Linux não fará diferença alguma para o Windows e não ajudará em nada o Linux.

    Abraços,

  20. bom artigo…

  21. Em sintese, linux é para quem ou entende muito de computador ou não entende nada. Explico:
    Quem entende muito resolve qualquer problema e ai sim, ele fica melhor do que o windows.
    Já para quem não entende nada também é ótimo, pois quam não entende mau sabe que existem programas ou funções além de navegar na internet e processador de texto, não tendo assim desejos de conhecer novos programas ou novas tecnologias que tem os que possuem conhecimento intermediário de informática.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: