Dúvida (I)

“Por que na Europa, onde o IDH é alto e investe-se muito em ciência, as universidades incentivam o uso de software livre enquanto no Brasil, um país subdesenvolvido e que investe pouquíssimo em C&T, algumas universidades gastam tantos recursos comprando licenças de sistemas operacionais?”

7 Respostas

  1. Porque as universidades no Brasil não querem GERAR conhecimento. Aqui, universidade serve pra treinar mão de obra, portanto só segue o mercado.

  2. Boa pergunta! Quem se atreve a respondê-la?

  3. Enquanto as universidades européias ensinam a pescar as brasileiras perguntam: – emsopado ou refogado?

  4. Mas…. aos pouquinhos algumas ilhs estão mudando isto!

  5. Sergio, concordo com você. Aqui no departamento de Física da UFPR todas as máquinas e servidores utilizam linux (Debian), exceto alguns professores que optaram por sistemas proprietários.
    Mas na Unesp de Guaratinguetá gasta-se uma boa quantia em dinheiro todos os anos em licenças para os computadores, tanto dos professores quanto do pólo computacional, isso sem contar despesas com anti-virus, firewall,…

  6. Aqui na USP, no IME, todas as máquinas do pessoal da pós rodam Linux (servidores e workstations). Mas alguns laboratórios da graduação usam XP.

    Parece que no Instituto de Física o uso do Linux é mais forte ainda, eles disponibilizam por FTP algumas distribuições e softwares.

    Também existe um acordo da Microsoft com a Escola Politécnica, então temos licenças de WinXP/Office para quem quiser usá-los. Mas em geral a escolha do S.O. é livre para o usuário. Alguns usam linux, outros windows.

    Mas existem iniciativas interessantes por aqui: linorg.usp.br

    E outras extra-oficiais: http://under-linux.org/7612-protesto-estudantil-mas-civilizado.html

  7. Bom, é uma boa pergunta, porém não sei se possuo capacidade suficiente para respondê-la. Afinal só tenho 13 anos. Mas deixe-me tentar.

    A minha opinião é que as condições sociais do Brasil estão tão precárias por causa da falta de educação. O sistema educacional basileiro é decadente. Os professores não tem bons salários, as ecolas públicas vivem em greve e isso torna a vida dos mais pobres, cada vez mais difícil, não tendo as mesmas oportunidades de se desenvolver daqueles mais ricos, aqueles que podem estudar em boas escolas e não dependem da boa vontade, digamos assim, dos líderes dirigentes do país.
    E como a maioria da população brasileira é pobre, nunca conseguiremos nos desenvolver caso não cortármos o mal pela raíz.

    Apesar de programas como o bolsa família serem bons, esse tipo de projeto dá o peixe e não ensina a pescar.
    Já na Europa, eles presam pelo desenvolvimento de cada país dentro do continente e esse desenvolvimento é alcansado através da educação e de métodos cada vez mais avançados. E aí entra o uso livre de software nas universidades entre outras iniciativas, o que não acontece com muita freqüência no Brasil.

    A iniciativa mais sensata a tomar é além de fazer a nossa parte, lutar para que todos desfrutem das mesmas coisas e oportunidades.

    Vamos lutar por um Brasil melhor e encontrar uma saída sem ser a do aéroporto.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: