Estou de mudança…

 

… para Urano.

Passei os últimos seis sete anos estudando os anéis de Saturno, mais especificamente a influência de Prometheus sobre a estrutura múltipla do anel F.

Desde a época de iniciação científica com o prof. Dietmar até o mestrado com a profa Silvia foram muitas e muitas simulações, que resultaram em muito aprendizado, vários trabalhos e um artigo (outro está no forno).

Urano

Mas agora no doutorado vou para Urano, que está a 10.6332UA mais distante do Sol. O trabalho envolve a dinâmica de pequenos satélites e anéis, utilizando informações recentes enviadas pelo HST (Hubble Space Telescope).

Então vou-me pois o caminho é longo 🙂

Anúncios

Upgrade

Date: 26/02/07

From: Bac. & Lic. Rafael Sfair

To: MSc. Rafael Sfair


Bac = Bacheler
Lic = Licenciado
MSc. = Magister Scientiæ

Agradecimentos – projeto sfair@home

Há algum tempo coloquei um post solicitando máquinas para rodar alguns programas. Várias pessoas disponibilizaram recursos para o meu trabalho, então gostaria de agradecer nominalmente:

Otávio Cordeiro (POA/RS): Disponibilizou não uma máquina, mas um cluster inteiro. Foi uma ótima forma de conhecer outro físico perdido pelo mundo (e que tb acompanha Lost).

Michele Rauggy Marino (SP/SP): Além das sugestões de melhorias para a versão 2.0, ele conseguiu rodar os programas de uma forma muito mais eficiente (preciso aprender isso!).

Décio (BSB/DF): Grande jogador de War, mostrou que existem pessoas que realmente trabalham em Brasília.

Lucas Arruda (BH/MG): Se prontificou rapidamente e ajudou a simular várias partículas.

Rafael CypherBIOS Proença (CWB/PR): Conseguiu a liberação de uma máquina em Curitiba.

Fernanda (FDM/SP): A menos apagões eventuais devido a chuva, deixou seu computador ligado durante vários dias seguidos.

Desta forma me tornei uma versão manual do openmosix e com a ajuda destas pessoas consegui formar um pseudo-cluster, praticamente um projeto sfair@home.

Se algum dia precisarem de recursos computacionais é só avisar. A todos estas pessoas, thank you, namastê and good luck.

Processador ocioso? Eu quero!

Como se ouve em alguns ônibus no Rio de Janeiro:
“Eu poderia estar roubando, eu poderia estar matando, mas estou aqui humildemente pedindo a sua colaboração…”

Venho pois através deste saber se alguma boa alma está disposta a ceder tempo de processamento. A situação é a seguinte: eu preciso simular numericamente o comportamento de várias partículas (~1400) de um anel planetário ao redor de Saturno.

O problema é que estas simulações são demoradas e não disponho de muitos recursos computacionais, então estou distribuindo as partículas em pequenos grupos, de forma que cada grupo possa ser rodado em um computador diferente otimizando o tempo total.

As simulações dependem de um script bash e um programa base (escrito em FORTRAN). As coisas funcionam do seguinte modo:

  • 1° passo – o script gera todos os arquivos de input para um determinado grupo de particulas
  • 2° passo – o script altera o programa base e compila uma ‘copia alterada’ dele para cada uma das particulas
  • 3° passo – sao executados todos os programas (todos com priodidade 19, de forma a utilizar somente a capacidade ociosa)

Os requisitos necessários para rodar os programas:

  • Linux (qualquer distribuição serve)
  • Compilador g77
  • O computador precisa permanecer ligado por pelo menos 8 horas direto (acredito que este seja o tempo médio para rodar cada grupo de partículas)
  • 50MB disponíveis no HD (talvez mais, talvez menos, na verdade dificilmente mais que isso)
  • Algum modo de enviar os arquivos de saída (email, ftp, ssh, sftp… até disquete via sedex serve :-))

Bom quem puder ajudar pode me mandar um email (rsfair AT feg DOT unesp DOT br) ou deixar um comment ai. Estejam certos que farão uma pessoa muito feliz hehehe

Primogênito

Então…
Saiu meu 1° artigo científico, publicado em uma revista internacional, arbitrada e indexada (Earth, Moon & Planets, Volume 97)!!!

O título é Analysing the New Saturnian Rings, R/2004 S1 and R/2004 S2 e os autores são Silvia M. Giuliatti Winter (minha orientadora), Rafael Sfair (no caso, eu!), Décio Mourão e Tiago Bastos.

É possível ler o resumo nesta página, e caso você acesse a partir de alguma universidade pode ler texto completo.

Alguma hora comento sobre os resultados. Espero que este seja o 1° artigo de muitos.

E vamos que vamos!

ah, nota importante: os resultados foram obtidos utilizando 100% programas livres rodando principalmente no Ubuntu! 🙂

Eis o anel F

Para quem não sabe, meu trabalho de mestrado é sobre um dos anéis um de Saturno – o anel F. Eu estudo principalmente como Prometeu, um satélite com 100km de diâmetro que orbita próximo ao anel F, altera o comportamento das partículas nesta região.

Abaixo está uma foto recente do anel F enviada pela sonda Cassini, onde é possível ver uma das estruturas mais intrigantes deste anel que está a 140.224km de Saturno: a sua estrutura múltipla.

Nesta imagem ainda é possível ver alguns dos efeitos causados por Prometheus, principalmente na região interna do anel F.

Agora explicar em detalhes porque isso acontece já é outra história. E começa assim a diversão 🙂

Anel F
Fonte: http://ciclops.org